Alto-Falante Para Guitarra: Ligação em Série e Paralelo

facebooktwitter

Semana passada falamos sobre o que significa impedância e como fazer o seu casamento (confira aqui). No post de hoje, vamos ver como descobrir a impedância de um conjunto de alto-falantes ou gabinetes ligados em série ou em paralelo.

Série x Paralelo

Você é um guitarrista fanático, respira música e é apaixonado pelo seu equipamento. Você tem um half-stack com um amplificador com o timbre perfeito para a sua música e um gabinete que só valoriza ainda mais o seu som: é tudo o que você precisa!

Até o dia em que você sente que precisa de mais, a famosa GAS começa a bater. Depois de algum tempo você se convence de que precisa de mais um gabinete para transformar o seu half-stack e um full-stack! E agora, como ligar um gabinete no outro? E em qual saída do seu amplificador você liga os dois? Veja aqui a resposta para essas perguntas!

A impedância equivalente

Não se deixe assustar pelo nome, impedância equivalente é um conceito muito simples. No post da semana passada, explicamos o que é a famosa impedância (veja aqui para entender melhor). Basicamente, a impedância é a capacidade do gabinete ou alto-falante de impedir a passagem de elétrons.

A propósito, tudo o que for dito daqui para frente vale tanto para gabinetes quanto para alto-falantes, ok?

A impedância equivalente é a impedância que o amplificador enxerga quando você liga nele a associação dos gabinetes ou alto-falantes. Ou seja, para o amplificador não faz diferença se você ligou um gabinete (ou alto-falante) de 8 ohms ou 2 gabinetes (ou alto-falantes) de 16 ohms em paralelo: as duas coisas são equivalentes. Colocando em outras palavras, a impedância equivalente é a impedância que você vai considerar na hora de conectar o conjunto de gabinetes/alto-falantes no seu amplificador.

Agora vamos ver como descobrir a impedância equivalente quando ligamos gabinetes ou alto-falantes em série ou paralelo.

Ligação em Série

Na ligação em série, os gabinetes ou alto-falantes são colocados em fila, ou seja, todos os elétrons passam por um e depois passam pelo outro.

Série

 

Se já é difícil para os elétrons passar por um gabinete/alto-falante, imagina passar por dois? Por isso, sempre que você conecta dois gabinetes/alto-falantes em série a impedância equivalente é igual à soma das impedâncias de cada gabinete/alto-falante.

  • Exemplos clássicos:
    • Dois gabinetes/alto-falantes de 4 ohms em série tem a impedância equivalente de 4+4 = 8 ohms.
    • Dois gabinetes/alto-falantes de 8 ohms em série tem a impedância equivalente de 8+8 = 16 ohms.
    • Quatro gabinetes/alto-falantes de 4 ohms em série tem a impedância equivalente de 4+4+4+4 = 16 ohms.

Ligação em Paralelo

Na ligação em paralelo, os gabinetes ou alto-falantes são colocados lado a lado, ou seja, parte dos elétrons passa por um e a outra parte passa pelo outro.

Paralelo

 

Como os elétrons têm mais opções de caminho, a impedância equivalente cai. É como ter uma fila de pessoa passando por um único corredor apertado… se você abre outro corredor (mesmo que apertado), a fila vai andar mais depressa!

Quando você conecta dois gabinetes/alto-falantes em paralelo a impedância equivalente é a impedância de cada um gabinete/alto-falante dividida pelo número de gabinetes/alto-falantes. Essa regra só vale para a ligação de gabinetes/alto-falantes de mesma impedância.

  • Exemplos clássicos:
    • Dois gabinetes/alto-falantes de 8 ohms em paralelo tem a impedância equivalente de 8/2 = 4 ohms.
    • Dois gabinetes/alto-falantes de 16 ohms em paralelo tem a impedância equivalente de 16/2 = 8 ohms.
    • Quatro gabinetes/alto-falantes de 16 ohms em paralelo tem a impedância equivalente de 16/4 = 4 ohms.

Potência da Associação em Série ou Paralelo

Em qualquer uma das ligações (série ou paralelo), a potência que o amplificador está produzindo vai ser distribuída entre cada gabinete/alto-falante. Por isso, a potência total da associação é a soma das potências de cada gabinete/alto-falante.

Resumão

  • Se você tem mais de um gabinete/alto-falante, eles devem ser ligados em série ou paralelo. Esse conjunto deve então ser ligado na saída do amplificador considerando a impedância equivalente (e não a impedância individual de um);
  • Ligação em série: some as impedância;
  • Ligação em paralelo: divida a impedância pelo número de gabinetes/alto-falantes;
  • As potências sempre se somam.

Nota técnica

Agradeço a compreensão dos leitores engenheiros, técnicos em eletrônica e todos os outros que entendem mais profundamente do assunto pela licença poética!

 

Gostou do post? Tem dúvidas, críticas ou comentários? Tem sugestões para os próximos tópicos? Não deixe de deixar sua participação!

4 pensamentos em “Alto-Falante Para Guitarra: Ligação em Série e Paralelo”

  1. Olá! Tenho 4 falantes de 4 ohms cada. Vou montar a minha caixa. Se for ligação em série, seria 4+4+4+4 = 16 ohms (Saída do Head para 16 ohms ). Em paralelo seria 4+4+4+4 = 16 dividido pelo número de falantes (4) e ficaria 4 ohms (saída do Head). Correto? O meu Bugera tem saída para 4, 8 e 16. Obrigado!

  2. Olá tenho um cubo laney VC 30 ele tem 2 x 10 impedância min. 4 ohms Posso ligar ele no meu Cub Cab da laney (100 watts) que tem 2×12 impedância 8 ohms ? Atrás do amp tem chave para mudar para 4 e 8 ohms. Pode prejudicar o Cubo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *