10 pedais para Guitarra – Parte 1 (Fuzz, Overdrive, Distortion e Compressão)

facebooktwitter

O que faz cada pedal de efeito? Você sabe a diferença entre os principais tipos de pedal de distorção? E os pedais de ambiência? Veja a resposta a essas e outras perguntas nesse post.

Pedais são o grande vício de muitos guitarristas, e isso não acontece por acaso. Os pedais podem realmente contribuir bastante para o seu estilo, e o fato de você poder ter no seu set quantos pedais você quiser é fantástico! Além disso, é muito mais fácil ter uma graninha sobrando para comprar um pedal novo do que comprar outra guitarra ou amplificador, por exemplo.

Entenda um pouco mais sobre esses pequenos que atiçam a GAS de qualquer guitarrista

Fuzz Face

Pedais de distorção

Quando se fala de pedais de distorção, os três mais importantes a lembrar são: fuzz, overdrive e distortion. Mas qual é a diferença entre eles?

Fuzz

Um dos primeiros efeitos de distorção, e justamente por isso tem uma personalidade bem vintage. Uma característica marcante é que ele gera uma distorção sem tanta definição quanto os pedais mais modernos (overdrive e distortion).

Se você ainda não entendeu muito bem, dá uma ouvidinha no som do Jimi Hendrix, que tudo vai ficar mais claro. É um timbre bastante característico.

Overdrive

O Overdrive é um pedal que produz distorções mais modernas, e pode ser tanto transistorizado quanto valvulado. Via de regra, pedais de overdrive são pedais com distorções mais leves, resultando em um timbre mais para o lado do crunch.

Distortion

Os pedais de distortion são bem parecidos com os pedais de overdrive, mas geralmente são pedais com um nível de distorção maior. Dos três, é o que apresenta a distorção mais pesada e moderna.

Pedal de Compressão

Quando você está tocando guitarra, as notas tocadas com mais força saem naturalmente mais altas do que as notas tocadas com menos força.

A função principal do pedal de compressão é equalizar o volume das notas, seja aumentando o volume das notas mais baixas, seja diminuindo o volume das notas mais altas ou, o que é mais comum, fazendo as duas coisas.

Uma característica marcante é que os pedais de compressão podem ser usados para dar mais ênfase ao ataque da nota. Isso significa que a palhetada (o estalo inicial) vai ser mais marcante. Talvez por isso, um estilo que se utiliza muito da compressão é o country.

Os pedais de compressão são também muito utilizados quando se busca sustain sem distorção. Quando se está ao vivo, isso pode ser muito importante para o timbre limpo da guitarra não se perder no som da banda.

Pedais de compressão geralmente são usados somente com o som limpo, porque a distorção já comprime o som naturalmente.

Confira a série completa de posts sobre Pedais para Guitarra!

Ainda tem mais… muito mais! Confira aqui a série completa de posts sobre pedais para guitarra.

 

Gostou do post? Tem dúvidas, críticas ou comentários? Tem sugestões para os próximos tópicos? Não deixe de deixar sua participação!

2 pensamentos em “10 pedais para Guitarra – Parte 1 (Fuzz, Overdrive, Distortion e Compressão)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *